Segurança alimentar

 

As pessoas atualmente estão mudando seus hábitos alimentares, se alimentando muito mais fora de casa do que no aconchego da sua família, por isso é necessário que os profissionais da área de alimentos se capacitem e se conscientizem para dar mais segurança aos seus clientes.

A preocupação em ter uma alimentação saudável ocupa um importante espaço no seu cotiadiano e começa-se a entender que as escolhas relacionadas ao estilo de vida têm um grande impacto sobre o desenvolvimento e combate a várias doenças. Um simples detalhe ou pequena mudança faz uma enorme diferença a curto e longo prazo. Na prática, uma das formas de atuar no preparo de alimentos de forma mais saudável é aplicar técnicas que acentuam o sabor, ajudam a obter o máximo de vitaminas e nutrientes dos alimentos e ainda contribuem para reduzir a quantidade de produtos que contenham gorduras, sal e açúcares, além de diminuir o consumo de conservantes ou outro tipo de aditivo, tornando uma alimentação saudável. Exemplo: Molhos e temperos à base de alimentos naturais que realçam o sabor dos alimentos e ainda contribuem com a saúde, são descartados naturalmente pelos profissionais que desconhecem a técnica de aproveitamento de alimentos, utilizando em sua grande maioria, muitos molhos prontos de marcas famosas, contribuindo para o aumento de doenças cardiovasculares.

As pessoas necessitam ser esclarecidas por profissionais  da área de alimentos, que devem construir uma sociedade mais igualitária, em que as pessoas tenham não apenas o direito, mas as condições necessárias para usufruir de uma alimentação equilibrada, qualitativa e quantitativamente. Com esse esclarecimento e conscientização, os profissionais passam a ter a fidelização de sua clientela.